Cinta para malhar e afinar cintura funciona? Saiba mais...

Buscando potencializar os resultados das atividades físicas, algumas mulheres começaram a praticá-las usando corpetes, espécie de cinta para musculação que ajudaria a deixar a cintura mais fina durante a prática de exercícios na academia. Mas será que isso funciona mesmo? Não faz mal para a saúde? Uma das adeptas dessa prática é Fanny Neguesha, noiva do jogador de futebol italiano Mario Balotelli, que costuma compartilhar nas redes sociais fotos suas de cinta durante a malhação. 

Cinta para malhar: para que serve?


Fanny Neguesha usa cinta para malhar
O cirurgião plástico Marco Cassol, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, explica que o corpete afina a cintura na medida em que a deixa mais alta ao apertar a região, moldando o corpo através da compressão e podendo realmente gerar uma mudança na modelagem do corpo a longo prazo. No entanto, seu uso não é recomendado durante a prática de exercícios. "A pessoa até consegue respirar, mas não ventilar. É perigoso", alerta.
Além disso, a tática de usar corpete para emagrecer pode ser arriscada, já que, segundo o médico, as pessoas usam da forma errada. "O jeito certo de usar no dia a dia seria não apertando excessivamente, mas usando dessa forma correta não há resultado. E o uso contínuo pode gerar problemas físicos importantes. É importante que os pacientes entendam que podem fazer uso, desde que não seja com exagero, pois não é saudável", diz.

Riscos da cinta abdominal

O principal problema causado pelo uso da cinta para academia é que se ela estiver muito apertada pode gerar atrofia da musculatura das costas. "Eles não conseguem contrair, ficam excessivamente relaxados. É como engessar a perna e o efeito pode ser permanente", explica. 
Essa atrofia da musculatura pode fazer também com que a pessoa desenvolva hérnia de disco, dores na coluna, entre outros problemas. "A cinta acaba trazendo uma compressão na parte inferior do tórax e isso leva a uma restrição respiratória, que pode levar a uma insuficiência quando o uso é muito exagerado. Isso pode levar a uma narcose carbônica e o paciente apaga, desmaia", afirma.

Contraindicações

Mulheres que já apresentam algum tipo de problema na coluna e atrofia da musculatura abdominal devem evitar o uso da cinta. A mesma recomendação vale para aquelas que, durante a gravidez, apresentaram atrofia na musculatura do abdômen e das costas.
Se o uso já foi feito e os problemas apareceram, um médico deve ser consultado para que seja feito o tratamento correto. O mais indicado é a fisioterapia. "Quando esse desconforto, essa dor nas costas não cessar espontaneamente, é a hora de procurar um médico para ter orientação adequada e, se for o caso, até para descartar outros problemas mais graves", finaliza.
Share on Google Plus

About DizComoFaz

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário